Início / Newsletter / A Arte de apresentar…por Steve Jobs

A Arte de apresentar…por Steve Jobs

Steve JobsSteve Jobs era conhecido pela sua forte e impactante presença em palco, tanto quanto a sua marca e produtos. Era um orador cativante, convincente e capaz de tocar toda uma audiência. Como é que ele conseguia? Seguem algumas dicas do próprio:

Conexão pessoal e envolvimento individual

Uma das principais e mais eficazes formas que Steve Jobs usava para atingir o público era a sua notável capacidade de estabelecer uma conexão pessoal entre si mesmo e cada membro da audiência. Em vez de falar para um grupo como um todo, ele parecia estar a comunicar personalizadamente, para cada indivíduo na plateia, como se estivesse a ter uma conversa one-on-one. Esta conexão pessoal funciona como um grande truque, mas é sobretudo uma questão de atitude e intencionalidade. Steve Jobs parece ter sido tão confortavelmente adepto desta estratégia, que muitas pessoas que o ouviram, relembram os seus discursos com um sentimento de conexão pessoal.

Fazer Suspense

Steve Jobs era um mestre na arte do suspense. Exibia um talento especial para tal, criando um interesse crescente no público ao sugerir que havia algo mais (e melhor) para vir. Esta habilidade refletiu-se também na forma como os produtos da Apple foram comercializados. Os fãs da Apple sabem tudo sobre a marca, incluindo os atrasos de lançamento, a disponibilidade limitada e outras comunicações de suspense, mas não parecem ficar chateados com a marca.

Poder da Paixão

As apresentações de Steve Jobs eram cheias de paixão e orgulho que facilmente conseguia passar para a plateia, que respondia positivamente.
Como conseguir passar esta paixão?

– Foque-se no individuo e não na plateia: Desenvolver a habilidade de não falar para “uma audiência”, mas para os seus membros a título individual. Isto pode ser feito por meio de perguntas diretas como por exemplo “Como muitos de vocês já ouviram falar…”

– Construa Suspense: Embora nem todos os tópicos se coadunem com esta técnica, deverá na mesma tentar agarrar a audiência e suscitar um interesse crescente no tema que está a apresentar, antecipando o que vem a seguir, e guardando sempre o melhor para o fim. Esta é uma questão de planeamento e organização da sua apresentação. Não a descure.

– Seja Ousado: Apresente o seu tema de forma a mostrar o quão importante ele é para si mas também, e principalmente, para cada ouvinte em sala. Sempre que possível, encontre algo na sua palestra com o qual se possa facilmente apaixonar e transpareça esse sentimento, fazendo com que o seu público também o sinta. Dê aos ouvintes razões para o ouvir. Por exemplo dizer “O que eu vou dizer agora mudou a minha vida…”

Uma apresentação “sem orador” não vai a lado nenhum
As apresentações podem ser espetaculares, com um design magnífico, imagens absolutamente fantásticas, com um ótimo recurso a tecnologias, mas quando se trata de uma apresentação eficaz, o elemento que faz a diferença é você!

Lembre-se: Seja único, todos os outros já existem!