Início / Newsletter / Manual – 7 dicas para reduzir o turnover nas empresas

Manual – 7 dicas para reduzir o turnover nas empresas

turnover

O termo turnover é a medição da rotatividade de colaboradores, medindo a frequência de entradas e saídas. Se o índice de saída de colaboradores for alto isso acarreta custos para empresa, tendo um impacto direto na produtividade da empresa pois a cada saída de um funcionário existem custos diretos e indiretos que ocorrem na admissão de outro funcionário. Mas o impacto faz-se também sentir na satisfação e motivação dos colaboradores, por isso deve ser constantemente avaliada e analisada.

A perda de mão de obra é sempre prejudicial a uma organização, especialmente quando os  bons colaboradores, qualificados e com formação de topo abandonam o barco. Outro dos problemas que os empresários terão que gerir prende-se com os gastos da rescisão do contrato, despesas de seleção e recrutamento de novos colaboradores. Para além disso, a empresa terá ainda de investir em formação para os novos colaboradores e aguardar o período de adaptação, o que é bastante arriscado, podendo ocorrer um prévio desligamento, entre outras variáveis. Assim o ideal é que o turnover de uma empresa esteja num índice apenas necessário para que haja renovação saudável da equipa de profissionais.

Um alto índice de turnover está geral e diretamente ligado ao nível de motivação no local de trabalho. Quanto mais baixa for a motivação, mais perigo existe do índice de turnover aumentar. Por isso é essencial que a organização esteja atenta ao ambiente de trabalho e, em caso de desmotivação, descubra as causas e atue rapidamente para saná-las, melhorando o clima humano e, consequentemente, a motivação.

Para reduzir o índice de rotatividade de pessoal devemos, em primeiro lugar, pesquisar as principais causas, diagnosticar cada uma e finalmente atribuir uma solução. Muitos administradores podem estranhar, mas ao contrário do que se possa pensar, a questão salarial não é a única que influencia um alto turnover. Mas, certo é que se uma empresa que paga muito pouco, terá primeiramente que repensar esta situação, para depois utilizar outras medidas motivacionais.

Quero a minha demissão…

Segundo pesquisas realizadas em algumas empresas, os resultados apontam para que um dos principais motivos para a saída dos colaboradores é o relacionamento com os seus superiores. Assim, a conclusão é que os colaboradores demitem-se dos chefes e não da organização.

Outros pontos também apontados por este estudo são benefícios insuficientes ou mal empregados, baixa interação entre grupos de trabalho, ambiente e clima de trabalho desconfortáveis e más gestão de política interna de pessoal.

Para detetar os respetivos problemas, além das entrevistas com chefias e funcionários, pode-se adotar a uma “Entrevista de Desligamento”. As informações extraídas são sempre preciosas, capazes de identificar os problemas que norteiam na empresa.

7 dicas para reduzir o turnover na empresa

1. Quando o colaborador pede demissão ou é demitido, faça uma entrevista pessoal para saber qual o motivo. Mas faça-o com sinceridade, um questionário estruturado para ser preenchido por mera formalidade de nada adianta;

2. Compare o salário que está a oferecer aos seus colaboradores com os de outra empresa. Poderá chegar à conclusão que está a formar mão de obra para outras empresas;

3. A sua empresa possui um plano de gestão de carreira transparente? Defina até onde os colaboradores podem chegar e o que irá executar e ganhar;

4. Faça formações sobre novas matérias e reciclagens para ver se a matéria aprendida ficou na memória de longo prazo dos colaboradores. Experimente fazer formações sobre algo que o colaborador gosta, mesmo que não tenha diretamente a ver com o seu trabalho. Ajudará de certeza na motivação e a produtividade da sua empresa agradecerá.

5. A sua empresa tem políticas para horas extra, trabalho ao fim de semana, e feriados? Algumas empresas fazem escalas com o intuito de punir determinados empregados e proteger outros. Tenha atenção a injustiças. Confira também as faltas às segundas-feiras, sendo o dia mais usado para procurar outro emprego.

6. Os atestados médicos também demonstram problemas, assim, confira e confirme os motivos. Se são justificações “verdadeiras”, ou “recados” daqueles que vão acompanhar os parentes sob a alegação de que faltando ou não, ninguém se importa.

7. Qual o clima que reina na empresa? Como é que os supervisores, e monitores de qualidade tratam os colaboradores? Eles dão feedback? Pesquise estes dados cuidadosamente.