Início / Newsletter / Manual: Estratégias para criar um comunicado de imprensa eficaz, by Koser

Manual: Estratégias para criar um comunicado de imprensa eficaz, by Koser

Manual

Os comunicados de imprensa, especialmente no formato online, são, cada vez mais, uma ferramenta essencial de comunicação com os mídia e com o público em geral. Permitem, de forma sintetizada e organizada, promover um evento, um novo serviço ou até um relançamento de uma empresa de uma forma simples, direta e funcional.

Experimente e siga estas regras de ouro:

1. Utilizar no título as palavras-chave que o público-alvo irá procurar

O título deve ser uma versão muito compacta do ponto essencial da mensagem do seu comunicado. O profissional de marketing sabe quais são as palavras principais a utilizar para captar a atenção e utiliza-as de forma estratégica; se tem dificuldade em fazer o mesmo, recorra a uma empresa ou a um marketeer especializado. Esta estratégia, juntamente com o facto do seu site ter já um SEO bem trabalhado e funcional, pode, em termos de pesquisa, fazer disparar as visitas ao mesmo tempo fomentar a difusão online do seu evento.

Pode recorrer à “Keyword Tool”, uma ferramenta do Google para sugerir boas palavras-chave, e que ainda ajuda a descobrir os termos exatos que procuramos, assim como o número de vezes que foram pesquisados por mês; porém, deve ser usada com precaução e devidamente filtrada posteriormente, uma vez que sugere muitas palavras aleatórias e pode ocultar outras que contêm a mensagem essencial.

2. Escrever um título e um resumo enigmáticos, que despertem o interesse do leitor

Do título publicado é que vai depender a decisão da maioria dos leitores de ler a notícia ou o comunicado de imprensa. Saber criar títulos apelativos é uma arte, e a boa notícia aqui é que qualquer pessoa pode aprender a fazer isto, dependendo o resto da imaginação de cada um.
Antes de mais, resista à tentação de escrever algo muito elaborado. A clareza é sempre mais eficaz do que a criatividade quando se trata de comunicados de imprensa. Também não tente incluir todos os detalhes no título ou no resumo. Faça com que o leitor tenha de clicar na notícia para obter mais informações porque vai assim aumentar o tempo de permanência do visitante na sua página Web.

O título do comunicado de imprensa deve ser um género de cabeçalho, que não deve ultrapassar dez palavras ou uma frase. Deve seguir-se um resumo de algumas linhas com as características apelativas do acontecimento em questão, que convidem a ler o texto em si. O tamanho ideal de um comunicado de imprensa é uma página e nunca deve exceder uma página e meia

3. Deixar claro o objetivo principal e destacá-lo logo de início

Como os comunicados de imprensa são relativamente curtos (o ideal seria cerca de 500 palavras), mostre ao leitor logo nas primeiras frases o teor da notícia que deseja transmitir; use, para isto, o resumo de forma eficaz.

Se vai fazer a cobertura de um evento em particular – por exemplo, um evento patrocinado pela sua empresa – inclua a data, a hora e o local onde será realizado logo nas primeiras duas linhas. Se for um evento exclusivo, com convidados especiais, forneça detalhes relevantes sobre as pessoas mais importantes que estarão presentes e a forma de obter um convite. Não omita informação; lembre-se de que o objetivo é que as pessoas compareçam no seu evento e falem dele.

4. Evite os exageros, o sentimentalismo e as frases jocosas

Apelar ao sentimentalismo quando escreve um comunicado de imprensa é uma espécie de fast-food da escrita publicitária. Pior ainda, vai por à prova a paciência do leitor, dado que obriga a que este perca tempo a mergulhar no texto até encontrar o que é realmente importante, impedindo uma primeira leitura diagonal, por vezes necessária. A probabilidade de uma pessoa querer visitar a sua página, depois de ter perdido a paciência com a leitura dessa notícia, é quase nula, seja para comprar algo, subscrever uma newsletter ou pesquisar sobre os seus produtos. Não recorra a frases exageradas, pois isso fará com que o leitor se distraia e perca a confiança no que está a ler; utilize uma linguagem clara e simples e não use o comunicado de imprensa para vendas diretas. Reserve isso para outro tipo de texto.

Reveja sempre o que foi escrito no comunicado de imprensa – e faça-o pelo menos três vezes! Elimine as palavras ou as frases que não sejam absolutamente necessárias. Comunique detalhadamente e descreva de forma minuciosa apenas os pontos relevantes. Lembre-se de que só deve utilizar cerca de 500 palavras e não convém desperdiçar o tempo e a paciência do seu leitor.

5. Incluir imagens e elementos multimédia que sejam apelativos e originais

Temos de admitir que nós, seres humanos, somos criaturas sensoriais. O que é atraente cativa-nos e prestamos mais atenção a tudo o que apele aos sentidos. Utilizar uma imagem na página, caso o seu comunicado de imprensa seja online, ajuda sempre a captar o interesse do leitor com maior facilidade. Evite, contudo, as imagens demasiado vistas, chocantes ou plagiadas. Caso utilize uma versão impressa ou deseje enviar o comunicado por email, de uma maneira mais formal, não se esqueça de cuidar da apresentação gráfica, tornando bem visível o seu logótipo e facilitando os dados de contacto para mais esclarecimentos (no contacto com a imprensa isto ganha especial importância para que os jornalistas possam facilmente esclarecer quaisquer dúvidas).

E claro, não são permitidos erros ortográficos, ausência de acentos nem outras “distrações” que turvarão a sua mensagem! Lembre-se de que todos os detalhes contam e que somos o que escrevemos quando se trata da nossa imagem corporativa!

Fonte: Koser (Elisabete Melo Coutinho, Diretora Executiva da Koser International)