Início / Newsletter / O local de trabalho foi reinventado. Não fique para trás.

O local de trabalho foi reinventado. Não fique para trás.

cloudPreocupado com o escritório do futuro? Quem diz que será de todo um escritório? Vejam o que diz Tom Austim, Vice Presidente da Empresa Gartner (www.gartner.com), localizada em Stanford no Coneticut, que se dedica a elaborar estudos sobre os mercados tecnológicos. “Nós já trabalhamos a partir do Starbucks, no carro e nos jogos de softball dos nossos filhos. A tecnologia permite que as pessoas trabalhem a partir de qualquer lugar que disponha de uma ligação Internet de banda larga. Cada vez mais os pequenos e médios negócios começam a funcionar sem ser num espaço físico”.

Repare na FLOOR 64 (www.floor64.com). Esta empresa de Media e Consultoria mantém o edifício em SunnyVale na Califórnia , mas também tem a funcionar um conjunto de salas de Chat Skype para trabalhadores remotos, e sempre em funcionamento ao longo do dia. “Estes Chat Rooms, mais do que nunca, são os nossos escritórios” , diz o CEO Mike Masnick, “e eles não existem num espaço físico”, conclui.

Os desenvolvimentos tecnológicos facilitaram o crescimento dos escritórios virtuais. Cerca de seis milhões de Americanos trabalham a partir de casa graças a tecnologias como o cloud computing – que permite o arquivo de dados e colaboração/trabalho remoto em tempo real – e à videoconferência, que se tornou muito barata, e em alguns casos mesmo gratuita, como é o caso do Google Hangouts.

Mesmo os tradicionais departamentos de back office estão a mover-se na direção da virtualização. Recentemente, um número de empresas “third-party”, surgiram para fornecer serviços de recursos humanos, processamento de salários, entre outros. Alguns destes fornecedores, incluindo as empresas ALGENTIS (www.algentis.com) e INSPERITY (www.insperity.com), oferecem a cada empregado portais online feitos à medida, podendo os mesmos ser acedidos a partir de qualquer lugar.

Com certeza que muitas empresas, principalmente as grandes, não abrirão totalmente mão dos escritórios físicos. Mas os entendidos dizem que estas empresas, para terem sucesso, deverão repensar por completo os seus layouts, criando soluções de trabalho que forneçam aos seus empregados uma gama diversificada de soluções, mais apelativas ao conforto e consequente melhoria do rendimento do trabalho.

O Centro de Empresas Maquijig apoia esta nova tendência, tendo ao dispor dos seus clientes Escritórios Virtuais, desde 30 euros por mês, e escritórios em modalidade de Coworking, a partir 80 euros mês, que oferecem esta mobilidade que vai caraterizar as empresas do futuro